quinta-feira, 18 de março de 2010

O melhor professor


"O melhor professor!
O que significa isto?
Como se consegue apurar o melhor entre 150 000?
Com que critérios se pode fazer esta selecção tão "selectiva"?
Que tipo de alunos tem este professor?
Tem CEFs?
Tem alunos que não admitem a autoridade do professor?
Os seus colegas dizem que está sempre disponível e, por ser o melhor dos melhores, tem disponibilidade 7 dias por semana, 24 horas por dia?
Se assim é, tem vida pessoal?
Qual a razão de um professor se candidatar ao melhor de 150 000?
Existiam outros candidatos?
Qual a razão de uma escola se envolver nesta candidatura?
Pela sua supremacia, estará este professor disponível para ir "ajudar"
as escolas a dinamizarem acções de integração social para os jovens
provenientes de bairros "problemáticos"?
Haverá alguém que saiba responder a estas questões?
Haverá alguém que lhes queira responder?
Será que na maioria das outras escolas não existem outros professores como este?
E, será que não haverá mesmo mais do que um como este por escola?
Então, como é que este é o melhor professor?"


O que não sabe pensar

3 comentários:

  1. Não fazem sentido os prémios nem os concursos.
    Não faz sentido este tipo de designação, como se do apuramento da melhor escola de samba se tratasse.
    Os bons ou maus professores, podem ser uns e os mesmos, dependendo da escola, do estatuto profissional, da realidade social e das condições concretas em que trabalha. Depende até do horário que tem e da sua Direcção lhe dar ou não rectaguarda na resolução dos problemas.

    ResponderEliminar
  2. Claro que não faz sentido, Lélé!
    Há tantos bons professores!
    E o professor pode ser bom, e acredito que o seja, mas não é isso que está em causa na minha opinião, e como muito bem dizes, também se pode ser bom numa escola e noutra não.

    Mas eu digo-te mais sobre os critérios - interesse do ME, independentemente da qualidade do desempenho do professor. Já reparaste que o colega vencedor usou as novas tecnologias? Não te parece que de alguma forma, este prémio vem justificar o plano tecnológico e tentar limpar o nome do governo em todas as trafulhices que foram feitas?!...

    Conheço o Professor Wagner Diniz que ganhou o prémio inovação. É professor de canto e foi director da Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa e bateu-se com unhas e dentes contra a política deste PS. Chegou a reunir com Maria de Lurdes Rodrigues. A actual direcção do Conservatório, propôs o seu nome em reconhecimento de todo o trabalho que foi feito ao longo do seu mandato. Penso que terá ganho o prémio por causa do seu importante projecto da orquestra com jovens em situação de exclusão. Sem dúvida que é um projecto importante mas acho que o ME quer dar visibilidade ao que o pode promover... Tenho uma enorme admiração pelo professor Wagner Dinis e merecia até o prémio carreira, mas não me parece que seja isso que motiva a tutela e que nem se consegue eleger o bom professor porque há muitos, graças a Deus!

    ResponderEliminar