segunda-feira, 6 de junho de 2011

O day after - 2



Apesar de sentir alívio pela queda deste PS, sinto, em vez de júbilo (como muitos colegas nossos), uma profunda apreensão. Um partido do governo que é o mesmo do presidente, só se pode traduzir num perigoso monolitismo político.

Cavaco Silva, por exemplo, começou já hoje por fazer uma coisa muito pouco de acordo com a Constituição: em vez de ouvir todos os partidos, como é devido, e depois então indigitar o primeiro-ministro, recebeu o putativo primeiro-ministro, ainda não-indigitado formalmente, e antes de todos os procedimentos regulamentares, para lhe pedir "que se apresse a formar governo".

Percebo a urgência, mas o que é isto senão um atropelo da Constituição?
Se houver muitos destes atropelos, o que irá acontecer na presível revisão constitucional?

6 comentários:

  1. Estou mais descansado num aspecto: Não era só eu que estava a ver o filme...

    ResponderEliminar
  2. Amigos, o verdadeiro filme vai mesmo ser escapar à bancarrota. É que a situação é bem mais grave do que a maioria pensa...

    Anabela Magalhães

    ResponderEliminar
  3. Tenho a estranha intuição (ou percepção) de que muito ainda iremos amargar e talvez o pior ainda esteja para vir.

    ResponderEliminar
  4. pois, assino por baixo o teu post.
    mas vamos dar a volta por cima :)
    ____________
    que lindo gato.nunca + perguntaste pelo teu afilhado...breve, breve, tem uma mana - Bastet Red.tem + sorte que ele que já tem 2 madrinhas.

    ResponderEliminar
  5. Vi há poucos dias fotos do Misty no teu FB. E gostei de ver como ele está crescido e lindo!
    Este belo gato de olhos azuis chama-se Bijou e é um dos gatos da minha mãe. Mas não me dá confiança nenhuma e quando o quero fotografar, baixa os olhos... Mas acho-o muito bonito. Achas?

    ResponderEliminar