sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

2010, início de década ou o erro aritmético


Há já quem se apresse a fazer balanços de uma década e a fazer votos para outra. Revive-se agora a mesma confusão do início do novo milénio; se bem que ali a “ansiedade” era mais compreensível, já que se tratava de mudança entre ciclos de mil anos, um número poderoso! Mas a aritmética é a mesma; e a resposta à questão acima é: não, 2010 não é o início de uma nova década mas o último ano da primeira do século XXI.

Porque é assim? Porque o início do 1º ano da nossa Era – o momento zero – marca simultaneamente o início da 1ª década, do 1º século e do 1º milénio. Assim sendo, o final do ano 10 marcou o fim da 1ª década; completou-se aí um ciclo de dez anos. A 2ª década começou, portanto, com o ano 11.

Do mesmo modo, o final do ano 100 marcou o fim do 1º século; o 2º começou em 101 e assim por diante. Significa isso que o século XX terminou no final do ano 2000; e que 2001 inaugurou o século XXI e também o 2º milénio d.C.; e ainda, é claro, uma nova década, que terminará no final do ano que ora começa. Ou seja: quando chegarmos ao fim de 2010 e entrarmos em 2011 poderemos celebrar a década que então terminou, fazer balanços, etc.

Mas, parece, não por muito tempo… já que o Mundo deverá acabar em holocausto em 2012!...

Até lá, contudo, a aritmética elementar não engana.

Luís Diferr

4 comentários:

  1. Olha, depois de toda a discussão, fiquei algo baralhado. Parece-me certo
    - que há dois pontos de vista
    - e que nenhum deles é oficial, apesar de um deles ser muito mais vendável comercialmente.

    ResponderEliminar
  2. A mim parece-me que só há um ponto de vista, iniciou ontem mais uma década

    ResponderEliminar
  3. O mundo não irá acabar esse ano de 2012. Crenças malditas que só faz a humanidade ser cada vez mais pior...

    ResponderEliminar