segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Défice de Atenção e Hiperactividade 2


Publico hoje a segunda parte de um interessante estudo que comecei a publicar aqui, sobre a Desordem conhecida como Défice de Atenção e Hiperactividade:

A Atenção

"A atenção é normalmente o sintoma que causa maiores problemas na escola embora não seja tão visível como a hiperactividade e a impulsividade. Uma criança com o Défice de Atenção/Hiperactividade que se insira no tipo predominantemente caracterizado por estados de desatenção exibe, pelo menos seis das seguintes características: não presta muita atenção aos pormenores ou comete erros nas tarefas escolares, nos trabalhos ou noutras actividades; tem dificuldades em fixar a atenção nas tarefas ou actividades lúdicas; parece não ouvir o que lhe dizem directamente; tem dificuldades em seguir instruções e não conclui os trabalhos escolares e as tarefas (não devido a desobediência ou a não compreender as instruções); tem dificuldade em organizar tarefas e actividades; evita ou mostra-se relutante em se envolver em tarefas que requerem esforço mental continuado; perde frequentemente coisas necessárias para a realização de tarefas ou actividades; distrai-se com facilidade e frequência com estímulos irrelevantes e esquece-se com frequência de actividades diárias. Apesar de frequentemente afectada por estados de desatenção, a criança com DDA não é incapaz de se fixar em situações que vão ao encontro dos seus interesses. Normalmente estas crianças denotam possuir uma ampla reserva de atenção quando realizam actividades que lhes são extremamente agradáveis, tal como as que envolvem jogos de vídeo ou ver televisão. No decurso de actividades individualizadas em que a criança com Desordem por Défice de Atenção está a ser observada de perto, o seu âmbito de atenção pode ser normal."

Texto de Becas

Sem comentários:

Enviar um comentário