quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Aqui um dia foi Port-Au-Prince


A imagem é de Port-Au-Prince, a capital do Haiti, antes do terramoto que ontem devastou a cidade.

O Haiti, onde 80% dos habitantes vivem com menos de um dólar por dia, é considerado o país mais pobre do hemisfério ocidental, a par da Nicarágua.
Esta capitação coloca-o no limiar da pobreza extrema, como só julgávamos existir em África.

Muito religiosos e dados às práticas de Voodoo, os haitianos têm um nível de analfabetismo e criminalidade elevados, o que faz com que os turistas em geral evitem visitar este país e os cruzeiros de luxo só tenham ordem para se aproximar da famosa praia de Labadee.




Sem comentários:

Enviar um comentário