domingo, 24 de janeiro de 2010

Cansaço


"O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.
(...)

Um supremíssimo cansaço.
Íssimo, íssimo. íssimo,
Cansaço..."


Álvaro de Campos

Pintura de Cezanne - Annecy

(Para a minha amiga L.A.)

4 comentários:

  1. Como diriam os brasileiros...AMEI! Não há dúvida que o mais simples é o mais lindo!
    Fiquei sensibilizada não só pelo gesto, como pelo que provocou em mim...fez-me sorrir e, acredita, dissipar alguns fragmentos de cansaço que ainda há em mim. Valeu o alento, o sentido de oportunidade e amizade!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, Ramiro.
    Para ti também.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Cara L.A.
    Sabia que iria amar!
    Que boa a tradução para Leitora Assídua!
    Passará a se esse o seu nome para comentar?
    É só para eu saber... ;-))

    Também podia querer dizer Leal Amiga...
    Bjs.

    ResponderEliminar