quinta-feira, 10 de junho de 2010

Lucidez Camoniana


"No mais, Musa, no mais, que a lira tenho
destemperada e a voz enrouquecida,
e não do canto, mas de ver que venho
cantar a gente surda e endurecida.
O favor com que mais se acende o engenho
não no dá a pátria, não, que está metida
no gosto da cobiça e na rudeza
duma austera, apagada e vil tristeza."


Os Lusíadas, Canto IX

1 comentário:

  1. Na lucidez do poeta,em tempos vividos,denunciava ele a ignomínia que nos assola desde sempre;Brasil e Portugal.
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar