quinta-feira, 17 de junho de 2010

O filósofo e o lobo



Uma história insólita de onze anos de amizade e companheirismo entre um lobo e um filósofo, que o adoptou em pequenino, o acarinhou e educou, ao ponto de andar com ele nos transportes públicos, como se fosse um cachorro de trela...

Faz-me recordar o saudoso Professor Agostinho da Silva, que vivia em perfeita harmonia com os seus muitos gatos.

Dir-se-ia que este é o verdadeiro espírito do Budismo, que encara todos os seres com os mesmos direitos à vida e à dignidade na sua existência, ou os antigos Pitagóricos, que reconheciam a existência do espírito nas formas de vida ditas "inferiores", cabendo ao homem reconhecer-se nessa irmandade.

Uma história comovente! Para ler aqui.

3 comentários:

  1. Linda história de amor aos animais!! Bela dica de livro também. Obrigada. Parabéns, Helena! Boa sexta-feira, beijos ;)

    ResponderEliminar
  2. Cada vez mais convenço-me desta máxima budista,sim, creio que todos os seres vivos merecem viver com dignidade.Encantadora história do professor e seu lobo. Um verdadeiro exemplo a todos nós seres humanos.
    Adorei o post.Obrigada,
    lindo fim de semana,
    bjnhos,
    Calu

    ResponderEliminar
  3. Bom fim de semana Calu e Suziley! Obrigada.

    ResponderEliminar