terça-feira, 29 de junho de 2010

110 anos de Saint-Exupéry


Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry nasceu a 29 de Junho de 1900, em Lyon , (terra do bisavô materno desta blogger que vos escreve) e morreu a 31 de Julho de 1944. Faria hoje portanto 110 anos.

Talentoso escritor e ilustrador, pouca gente sabe que foi piloto da Segunda Guerra Mundial. A sua obra mais conhecida é "Le Petit Prince", escrita em 1943, adorada ao longo de gerações por novos e velhos, pois trata-se de uma alegoria magnífica e intemporal. Esta obra terá sido escrita nos Estados Unidos durante o exílio e tornou-se um romance de grande sucesso de Saint-Exupéry.


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós."

"A perfeição não é alcançada quando não há mais nada a ser incluído, mas sim quando não há mais nada a ser retirado."

"Cada um que passa na nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa na nossa vida, passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito, mas há os que não levam nada. Essa é a maior responsabilidade da nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso."


Antoine de Saint-Exupéry

8 comentários:

  1. Li o Petit Prince pela primeira vez aos 8 anos...Bela lembrança a do Saint-Exupéry.

    ResponderEliminar
  2. É lindo! Em qualquer idade nos toca, com uma profundidade de que só os génios são capazes.

    ResponderEliminar
  3. Tenho em casa 4 livros do Petit Prince.
    um em francês e os outros em português, um de cada um dos habitantes da casa...
    E hoje já o fui buscar e ler uma passagens:
    "Tu tornas-te eternamente responsável por aquilo que cativas"...

    deixo-te um beijo

    ResponderEliminar
  4. Ema
    Tu cativaste-me logo no primeiro encontro.
    Agora tens de aguentar comigo, milhé!

    ResponderEliminar
  5. Lelé:
    fizeste-me gargalhar,milhér.
    Responsabilizemo-nos então!

    ResponderEliminar
  6. Olá Lelé

    Manda-me um mail com essa história do teu bisavô materno porque interessa ao meu mais-que-tudo que, por acaso, também é descendente dele.

    ResponderEliminar
  7. Pois claro, é o nosso antepassado comum que era francês de Lyon.

    ResponderEliminar
  8. Já li o Principezinho várias vezes mas não encontro nenhuma das frases transcritas acima. De que obra são essas frases?

    ResponderEliminar