quarta-feira, 23 de junho de 2010

Recomeça a guerra (ou muito me engano)


"O novo estatuto da carreira docente publicado hoje pelo governo em Diário da República é de "fidelidade absoluta" relativamente ao que foi negociado, garante a Federação Nacional de Professores (FENPROF) ao i. "O texto é exactamente aquele que foi negociado", garatiu António Avelãs, da direcção da federação, acrescentando: "Não é o estatuto que gostaríamos de ter mas foi aquele que conseguimos".
O novo estatuto da carreira docente foi hoje publicado em Diário da República e prevê o fim da distinção entre professores e professores titulares."


i on-line

Decreto-Lei 75/2010 de 23 de Junho

Sem comentários:

Enviar um comentário