quarta-feira, 23 de junho de 2010

O imaginário segundo Gilbert Durand

Gilbert Durand é o autor francês que recupera no século XX a noção de imaginação, anteriormente associada ao erro e à fantasia.

O Imaginário é, de acordo com o autor, o “Conjunto de imagens e das relações das imagens que constitui o capital pensado do homo Sapiens – aparece-nos como o grande denominador fundamental onde se vêm encontrar todas as criações do pensamento humano”.

Durand pensa que a Imaginação Simbólica possui uma força dinâmica que reconfigura o real, que possibilita o acesso ao sentido permitindo aceder à dimensão profunda da realidade e faz a ligação entre a realidade e o conjunto das suas significações. Assim, a imaginação nega o nada, a morte e o tempo.


BECAS

1 comentário:

  1. Que criativo quadrinho. A evolução da comunicação. Muito interessante. Por aqui, boa noite :)

    ResponderEliminar