sexta-feira, 26 de junho de 2009

Black or White - essa era a questão


Embora não apreciasse particularmente Michael Jackson, não posso deixar de assinalar a sua morte, dado ele ser uma estrela incontornável da música pop.

Figura controversa sobre a qual recaíam ultimamente suspeitas de pedofilia, aquilo que mais me impressionava em Michael Jackson era a rejeição pela cor da sua pele e os constantes tratamentos estético-cirúrgicos, que fizeram dele uma figura grotesca e estranhamente perturbadora.

Este artista, de evidentes talentos para a música e para a dança, era um grande amigo de Elizabeth Taylor e foi casado com a filha de Elvis Presley, Lisa-Marie.

Faleceu aos 50 anos na Califórnia vítima de paragem cardíaca.
O seu conflito racial interior foi finalmente resolvido.


O Expresso on-line publica hoje um Dossier completo sobre o cantor.
Eis alguns dos cabeçalhos:


- "Antes do estrelato, das controvérsias, dos alegados crimes e de tudo o mais, Michael Jackson também foi um menino que, naturalmente, passou pela idade da inocência."

- "O "Rei da Pop" tinha 50 anos e preparava-se para uma monumental digressão de despedida ("This Is It") composta por 50 concertos em Londres, na O2 Arena, a decorrer entre 13 de Julho de 2009 e 6 de Março de 2010."

- "Dos "The Jackson 5" ao estrelato mundial. A carreira de Michael Jackson disparou cedo. O rei da pop morreu aos 50 anos."

- "O músico norte-americano que hoje morreu está longe de ser uma figura consensual, mas foi, indiscutivelmente um artista brilhante que marcou os anos oitenta e noventa."

"Milhares de pessoas começaram a juntar-se para chorar a morte de Michael Jackson."

EXPRESSO, Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

2 comentários:

  1. É o que dá não aceitar a própria natureza e querer forjá-la em algo que não pode ser porque não é, o coração não aguenta.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. O conflito racial pouco importa a nós seres humanos como ele. Isso é um problema dele com Deus. Quanto à "alegada pedofilia", como dizem, apenas foi acusado dum crime que não cometeu, e se estiverem em dia com as noticias terão visto que depois do MJ estar dentro dum caixão veio o então rapaz repor a verdade de tudo dizendo que MJ nunca o violou e que foi o pai que o obrigou a dizer isso a troco duns milhões. Tarde demais, não foi? Aliás, a propósito, onde andará esse homenzinho que acusou uma pessoa de algo tão grave, já que foi a partir de tudo isso que começou a queda de MJ??? Onde andará esse crápula? Quanto ao artista era um GÉNIO. Como pessoa MARAVILHOSO, tão MARAVILHOSO que as pessoas não acreditavam... sei duma história assim passada há 2000 anos... O MJ fez muito bem a muita e muita gente... as letras dele eram absolutamente geniais sempre em prol do amor, da paz, esses 2 sentimentos tão esquecidos pelo homem. Lutou muito através da música para que o mundo mudasse. Aliás não viam a pessoa que ele era através daquele sorriso e olhar???!!!... o olhar é que mostra a alma e sei que é muito difícil olhar com a alma para a alma de alguém. Requer bondade, anos e anos a querer caminhar na paz. O ser humano tem cada vez mais facilidade em eleger a porcaria e "matar" o que é bom... é pena, mas por isso é que o mundo se está a desfazer. Com ele foi um pouco de mim. Fico a aguardar o teu regresso que espero seja ao mesmo tempo do meu para finalmente usarmos flores em vez de armas, abraços em vez de canhões. Até lá, descansa em paz meu ENORME HOMEM. ADORO-TE. (como dizia Florbela Espanca: só Deus tem os que mais ama).

    ResponderEliminar