terça-feira, 2 de junho de 2009

A Senhora Ministra


Miguel Real, pseudónimo artístico de um professor de Filosofia da zona de Sintra, escritor, ensaísta e blogger, publica este mês um livro que não poderia vir mais a propósito chamado "A MINISTRA", editado pela Quid Novi.
É o seguinte o resumo da história:


"Uma mulher seca, que nunca conheceu o amor, de passado trágico e futuro marcado pelo desejo de auto-afirmação; uma mulher de mentalidade despótica, adversa à espiritualidade dos valores, crente de que a única dimensão do bem reside na sua utilidade social; uma mulher cuja especialização académica consiste na manipulação de estatísticas, moldando a realidade à medida dos seus interesses; uma mulher que usa o trabalho, não como forma de realização, mas como modo de exaltação do poder próprio, criando, não o respeito, mas o medo em seu redor; uma mulher ensimesmada, arrogante, feia e triste, que ama a solidão e despreza os homens; uma mulher autoritária e severa consigo própria, imune ao princípio da tolerância; uma mulher que ambiciona ser Ministra".

Apetecível. Qualquer semelhança com personagens ou factos reais é pura coincidência!

Sem comentários:

Enviar um comentário